Seguidores

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Deixo-te partir

Depois de tantos anos
Aprisionando seu fantasma junto a mim
Abro a janela sem medo
Dou-te um beijo carinhoso
E em paz te digo adeus

Se sei que estarás bem do outro lado
Feliz, deixo-te partir.
 
 
Fiz esse poeminha a partir de um belo sonho que me trouxe muita paz.
É preciso deixar partir o que não nos pertence mais.
 
Abraços!!! :D

Um comentário:

  1. E ficou muito lindo,Fran!deixar partir, liberar...beijos,chica

    ResponderExcluir